Sete Alegrias

"Alegra-Te, Cheia de Graça…"

Contas a Deus

No dia 29 de julho de 1979, o filósofo alemão naturalizado americano Herbert Marcuse prestou contas a Deus. Certamente, a conversa foi longa, pois o homem foi um dos pensadores marxistas mais influentes do século XX.

Marcuse nasceu em Berlim, em 1898. Foi um dos maiores expoentes da Escola de Frankfurt – para quem não sabe, esta entidade foi o berço do marxismo cultural. Em 1934, fugindo da perseguição nazista, chegou aos Estados Unidos, onde lecionou e escreveu, e é cultuado até hoje pela esquerda. A sua obra mais conhecida é Eros e Civilização. Foi um dos ideólogos da revolução sexual dos anos 1960.

Quando o marxismo se mostrou impraticável no ocidente, Marcuse, em vez de se render à realidade, procurou um jeito de substituir o proletariado como classe revolucionária. Cabeça de marxista é assim mesmo; se a realidade não se ajusta ao seu pensamento, dane-se a realidade; procuram fazer a realidade se ajustar à sua teoria. Em vez de um substituto, encontrou três:

1) Os intelectuais e estudantes revoltados, inconformados com a falta de reconhecimento da sua alta importância (segundo eles) pela sociedade;

2) Os revoltados com qualquer coisa, principalmente no âmbito sexual e

3) Os marginais em  geral: bandidos, viciados, estupradores etc.

São estes os verdadeiros revolucionários, são eles quem devem destruir a sociedade ocidental, cristã, e não os proletários; a nova classe revolucionária é definida pelas frustrações psicológicas, não pela desvantagem econômica.

Você entende agora de onde vem o incentivo à criminalidade e a tudo o que não presta?

Os canais por onde esta linda teoria se espraia são a mídia de massa, o sistema educacional e o show bizz – evidentemente, há muita gente boa nestes três segmentos, mas estão à mercê das lideranças comunistas e pouco podem fazer. Alguns exemplos, no Brasil: desarmamento da população civil, criminalização da ação policial, leniência com a delinquência juvenil, tolerância com a violência escolar e muitas outras porcarias, tudo para destruir a sua família. Fique de olho, analise bem os acontecimentos e você conseguirá identificar a influência deste filósofo no seu dia a dia.

Para as pessoas de bem, desejosas de fazer alguma coisa pela sociedade e por sua família, só há uma saída: estudar este e outros temas para se informar e poder lutar. Caso contrário, você será mais um bobão na mão dos outros, colaborando inocentemente com o inimigo. Para saber mais sobre este assunto, veja o artigo Primores de Ternura – 2, do filósofo Olavo de Carvalho, e ouça a faixa Marxismo Cultural, do livro-áudio Terapia das Doenças Espirituais (ISBN: 1898943143235) – Editora Ecclesiae, do Padre Paulo Ricardo.

No dia 29 de julho de 1979 Marcuse deu contas a Deus. Foi com a caderneta cheia. Não sei qual foi o seu destino, mas de uma coisa eu tenho certeza: esteja onde estiver, contempla, pensativo, as amargas consequências de suas tresloucadas teorias.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: