Sete Alegrias

"Alegra-Te, Cheia de Graça…"

Santa Teresa

“A Igreja Católica oprime a mulher!”

“Dona de casa é escrava!”

“Liberdade para a mulher!”

“Abaixo o casamento! Abaixo o sutiã!”

“Onde já se viu dizer que ‘o marido é a cabeça da mulher’?!”

Fruto do sex lib de Marcuse e seus comparsas, a onda de revolta contra a castidade cristã encontrou gigantes ajudantes-anão da estatura de Kinsey, o pedófilo, secundado maciçamente pela mídia de massa, pela indústria cultural e pelo sistema educacional. O resultado está aí: famílias destruídas, filhos sem pai e o aborto a pedido.

Por que esta turma não divulga a vida de Teresa de Ávila, cuja festa se comemora hoje? Por que não divulgam os ensinamentos desta Doutora da Igreja? Por que calam sobre o impacto da reforma da ordem carmelita feita por ela? Por que não falam sobre as suas filhas espirituais, Edith Stein e Santa Teresinha? Por que silenciam sobre a autonomia das mulheres dentro da Igreja?

Para quem não sabe, a Igreja, desde o nascimento, foi a grande defensora da mulher. No casamento, por exemplo, sempre afirmou que se o homem for impotente, a cerimônia de casamento simplesmente não valeu. Qual a instituição que foi tão longe na defesa da mulher?

Mas a vida é assim mesmo, cai-quem-quer.

O homem moderno perdeu o senso das proporções e já não consegue enxergar a realidade advinda das realizações. Prefere Betty Friedan a Teresa, Marcuse a Edith, Marx e seus demônios a Cristo e Seus anjos.

Prefere o discurso de ódio à poesia de São João da Cruz:

– “No entardecer da vida, sereis arguidos sobre o Amor.”

***

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: