Sete Alegrias

"Alegra-Te, Cheia de Graça…"

A Capa de Martinho

Na véspera da batalha, o já convertido oficial Martinho se dirigiu ao imperador, dizendo que não ia combater.

– Você não quer lutar porque está com medo!

– Não estou, e para provar isso, amanhã estarei na linha de frente, desarmado.

Passou aquela noite orando por uma solução e eis que, ao amanhecer, o inimigo enviou embaixadores para negociar a paz.

Este foi um dos muitos episódios espetaculares na vida de Martinho de Tours. O mais conhecido é certamente o episódio da capa. Para quem não conhece, eis a história.

Martinho nasceu em 316, onde hoje é a Hungria. O seu pai era soldado romano, e o nome do filho é uma referência a Marte, deus da guerra. Foi alistado no exército pelo pai. Foi servir na Gália onde, um dia, sob o rigoroso inverno, viu um mendigo passando frio. Cortou metade da capa com a espada e deu ao coitado. Naquela noite, viu Cristo embrulhado em sua meia capa. Por isso, decidiu abraçar a vida religiosa.

Fundou mosteiros, fez milagres, foi eleito bispo da cidade de Tours por aclamação.

Quando morreu, aos 81 anos de idade, o seu símbolo – a capa – foi colocada num oratório para adoração.

Que nome você daria a um oratório onde se venera uma capa?

– Capela!

Veja até onde chega a influência de um santo!

***

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: