Sete Alegrias

"Alegra-Te, Cheia de Graça…"

E eles nada perceberam

O Apanhador no Campo de Centeio é uma fotografia. Salinger captou o exato momento em que a sociedade americana se transformava, passando de uma nação cristã para uma nação pagã, tentando manter a aparência de virtude enquanto se preocupava em encher o bolso de grana. É o retrato da hipocrisia de toda uma época, pintado por um menino inconformado com a mentira e a falsidade, preocupado com o destino que a verdade e a sinceridade iam tomando numa sociedade onde cada um cuidava de si, incapaz de enxergar o outro – a necessidade que o outro tem de nós e a necessidade que nós temos do outro. O egoísmo cegou toda uma civilização, para a qual não há desculpa porque a cegueira foi voluntária.

Naquele tempo, todos casavam e se davam em casamento. Comiam e bebiam.Trabalhavam no campo, trabalhavam no moinho. Exatamente igual a hoje. Comemos e bebemos, trabalhamos e descansamos, cuidamos das nossas coisinhas…

Hein?! Deus? A Verdade? Os nossos irmãos? Ora…

“E eles nada perceberam, até que veio o dilúvio e arrastou a todos.

– Por isso, também vós ficais preparados! Porque na hora em que menos pensais, virá o Filho do Homem.”

***

Uma resposta para “E eles nada perceberam

  1. Pingback: E eles nada perceberam - O Camponês

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: