Sete Alegrias

"Alegra-Te, Cheia de Graça…"

Papa Francisco e o Aborto

As recentes declarações do Papa condenando o aborto decepcionaram aqueles que viam em Francisco o vento das reformas radiciais na Igreja.

Na minha opinião, o assunto é bem claro. Basta responder à pergunta: quando começa a vida?

A resposta também é clara: na fecundação, pois “se um óvulo fecundado não é por si só um ser humano ele não poderia tornar-se um, pois nada é acrescentado a ele” (Jérôme Lejeune).

O resto – direito da mulher ao corpo, questão de saúde pública, má formação, superpopulação etc. – é  papo furado, manipulação. Não deixe de ler o post Aborto e Manipulação Psicológica.

***

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: